Uso de jogos casuais em celulares por idosos: um estudo de usabilidade

Luana Giovani Noronha de Oliveira Santos, Lucila Ishitani, Cristiane Neri Nobre

Resumo


No mundo, a população de idosos tem aumentado expressivamente. Segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografiae Estatística, em 2010, os idosos representavam 10,5% de toda a população brasileira, o correspondente a mais de20 milhões de pessoas. Com essa população de idosos, torna-se cada vez mais necessário oferecer opções de lazere aprendizagem contínua, voltados para eles. Este artigo apresenta um levantamento bibliográfico sobre heurísticasde usabilidade para avaliar jogos casuais e jogos para dispositivos móveis, no contexto de usuários idosos. Tambémapresenta o resultado de uma avaliação de usabilidade de jogos casuais em smartphones, realizada com idosos de 60a 82 anos. Cada idoso que participou do teste utilizou cinco jogos casuais, instalados em um smartphone, e então respondeua questionários. O conteúdo dos questionários teve base no conjunto de heurísticas obtido por meio da análisee organização das diretrizes existentes na literatura, acrescido de outras diretrizes propostas pelos autores. O objetivodo estudo foi avaliar se o conjunto de heurísticas usado é válido para verificar a usabilidade de jogos casuais em dispositivosmóveis, com foco em idosos. Os resultados apontam a necessidade de ajustes na interface de jogos casuaisem dispositivos móveis, para serem utilizados por idosos bem, como a necessidade de explorar mais esse assunto.

Palavras-chave


Jogos casuais; Dispositivos móveis; Usabilidade; Idosos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/ras.vol9n1.88

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Informática Aplicada - USCS/UFABC