Students’ Attitude Change Towards Science When Learning with a Virtual World Based Curriculum: a Case Study Atitude dos Estudantes em Relação à Ciência muda Quando Aprendem com um Mundo Virtual Baseado em Currículo: Um Estudo de Caso

Selen Turkay, Nathaniel Ostashewski

Resumo


O propósito deste estudo de caso foi examinar se o mundo virtual baseado no currículo das
ciências pode mudar as atitudes dos estudantes para com as ciências e as carreiras relativas ao universo
científico, e identificar desafios durante o desenvolvimento e a implantação do currículo. A “Ciência
através do Second Life” (StSL) é um projeto inovador que busca criar um ambiente de aprendizagem
envolvente para alunos do ensino médio, usando o mundo virtual do Second Life e outras aplicações na
grande ecologia da Internet. O StSL foi desenvolvido, prototipado e implementado pela Global Kids Inc.,
uma empresa não governamental baseada em New York. Os dados foram coletados entre 19 estudantes
calouros do ensino médio (dez mulheres e nove homens), durante um semestre, com observações em
salas de aula, pré e pós-pesquisa, e entrevistas semiestruturadas. A análise dos dados revelou que
vários estudantes passaram a considerar uma carreira em ciências o StSL currículo, e muitos disseram
ter um melhor entendimento de como os cientistas pensam e trabalham.

Palavras-chave


mundos virtuais, atitude dos estudantes, ciência, engajamento.



DOI: http://dx.doi.org/10.13037/ras.vol7n2.74

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Informática Aplicada - USCS/UFABC