Novas Formas de Negócios na Indústria Automobilística - Direct Shipment

Mário E. Longato, Francisco José Santos Milreu, José Paulo Alves Fusco

Resumo


O objetivo deste artigo é descrever as recentes estratégias utilizadas pela indústria automobilística para a comercialização de peças de reposição. As montadoras têm, por lei, que manter no mercado peças de reposição de seus veículos por um mínimo de dez anos após a interrupção da fabricação de um modelo produzido. O processo de comercialização nem sempre é rentável para a montadora, mas, como existe uma exigência legal, as empresas buscam formas de fabricação e comercialização condizentes com a realidade econômica do momento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/ras.vol1n2.3

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Informática Aplicada - USCS/UFABC