Avaliação de uma Rede Neural Artificial como Estimador Temporal Pluviométrico no Sistema de Abastecimento Cantareira

Bruno Alberto Soares Oliveira, Matheus Soares Nametala, Brayan Rawlison Castoril, Marcos Diego Catalano, Ciniro Aparecido Leite Nametala

Resumo


Dois importantes aspectos do abastecimento público de água são a situação dos mananciais e o estudo da pluviometria que incide sobre estes. Neste trabalho é avaliada a aplicação de uma Rede Neural Artificial (RNA) Perceptron Multi-Camadas (MLP) utilizando como objeto de aplicação os dados de pluviometria acumulada mensal oriundos do Sistema Cantareira. O treinamento da MLP foi realizado tomando-se por base as medições pluviométricas de outros cinco grandes sistemas brasileiros. Os resultados obtidos mostraram que foi possível cumprir o objetivo proposto e validar a MLP como alternativa válida à substituição, em casos oportunos, aos métodos de medição convencionais, em especial, os manuais como o pluviômetro.

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, W. C. Interpolação espacial de dados

médios mensais pluviométricos com redes

neurais artificiais. Revista Brasileira de Meteorologia,

v. 29, n. 3, p. 389–396, 2014.

BARRETO, J. M. Introdução às redes neurais

artificiais. 2002.

BERGMEIR, C. N. Neural networks in r using

the stuttgart neural network simulator: Rsnns.

In: AMERICAN STATISTICAL ASSOCIATION.

[S.l.], 2012.

BRAGA, A. d. P. Redes Neurais Artificiais:

Teoria e Aplicações. [S.l.: s.n.], 2011.

CEMADEN. Pluviômetros. 2013.

o-que-sao-pluviometros>. Julho.

CPRM. Companhia de Pesquisa de Recursos

Minerais. Relatório Anual de 2015. 2016.

DANTAS, D. Uso de redes neurais artificiais

na previsão da precipitação de períodos chuvosos.

Revista Espinhaço, Universidade Federal

dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, p. 11–

, 2017.

FERREIRA, J. C. et al. Previsão de vazão da

bacia do ribeiro joão leite utilizando redes neurais

artificiais. Irriga, v. 16, n. 3, p. 339, 2011.

KAWASE, K.; COUTINHO, E.; SILVA, R. d.

Aplicação de modelo computacional de redes

neurais na previsão de dados pluviométricos

no município de paty alferes-rj. Proceeding

Series of the Brazilian Society of Computational

and Applied Mathematics, v. 3, n. 1, 2015.

LIMA, L. et al. A distância como variável em

modelos configuracionais no estudo da distribuição

de atividades econômicas urbanas. Revista

Brasileira de Gestão Urbana, Pontifícia

Universidade Católica do Paraná, v. 9, n. 2, p.

–370, 2017.

LIMA, W. d. P. Hidrologia florestal aplicada

ao manejo de bacias hidrográficas. 2008.

PAIVA, F. D. Redes Neurais para Decisões

no Mercado de Ações Brasileiro. Tese (Doutorado)

— Universidade Federal de Lavras, Lavras,

Brasil, 2014.

SABESP. Dados dos mananciais da Companhia

de Saneamento Básico do Estado de São

Paulo. 2003. . Julho.

SHEPHERD, A. Second-order methods for

neural networks: Fast and reliable training

methods for multi-layer perceptrons. [S.l.]:

Springer Science & Business Media, 2012.

SOUSA, F.; SOUSA, W. d. S. Rede neural

aplicada ao processo chuva-vazão da bacia hidrográfica

de caraúbas. 2006.

TEAM, R. C. R: A language and environment

for statistical computing. Vienna, Austria: R

Foundation for Statistical Computing; 2014.

WHATELY, M.; PILAR, C. e. Cantareira

: um olhar sobre o maior manancial de

água da região metropolitana de são paulo. Instituto

Socioambiental, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.13037/ras.vol14n1.218

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Informática Aplicada - USCS/UFABC