Controle de Operações em Secadores de Grãos com Redução do Consumo de Recursos Naturais

Lucas Schmidt, Mainara Cristina Lorencena, Marcelo Teixeira

Resumo


A produção de soja é uma das principais atividades econômicas da região sul do Brasil, e os esforços para o aumento da produtividade e da qualidade do produto são constantes. Neste sentido, o processo de secagem de grãos se torna fundamental.  Este artigo apresenta o desenvolvimento de um sistema de controle de operações para secadores de grãos, visando garantir os níveis adequados de temperatura e a redução do consumo de recursos naturais além da integração de todos os subsistemas do secador em um único controlador. O gerenciamento dos sistemas é feito através de um Controlador Lógico Programável, e a interface com o operador é realizada por meio de uma tela gráfica sensível ao toque. Um estudo de caso em um secador de fluxos mistos produzido pela empresa Kepler Weber ilustra a abordagem.

Palavras-chave: Automação, Secador de grãos, CLP.


Texto completo:

PDF

Referências


BORGES, P. A. P. Modelagem dos Processos Envolvidos nos Sistemas de Secagem e Armazenamento de Grãos, (2002). Tese, (Doutorado em Engenharia Mecânica, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS).

IBGE, Indicadores-Estatísticas da produção agrícola, (2016). ftp://ftp.ibge.gov.br/Producao_Agricola/Fasciculo_Indicadores_IBGE/estProdAgr_201601.pdf, Outubro.

MAGALHÃES, E. A. Desenvolvimento e análise de uma fornalha para aquecimento direto e indireto de ar utilizando biomassa polidispersa, (2007). Tese, (Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG).

NBRTec, Indústria de Equipamentos Elétricos Ltda. www.nbrtec.com.br/site/.

NOVUS. Manual Instruções V1.2x D. Transmissor de temperatura TxRail 4-20 mA, (2014).

RIBEIRO, D. M. Análise da Variação das Propriedades Físicas dos Grãos de Soja Durante o Processo de Secagem. Artigo Publicado na Revista: Ciência e Tecnologia de Alimentos 25(3), julho de 2005, p. 611 – 617.

RODRIGUES, C. L. C. Desenvolvimento de um Sistema Automático para um Secador de Produtos Agrícolas, (2010). Tese, (Doutorado em Engenharia Agrícola pela Universidade de Viçosa, Viçosa, MG).

SIEMENS, SCE Training Curriculum for Integrated Automation Solutions: Totally Integrated Automation (TIA) SIMATIC S7-1200. 2013.

SCHMIDT. L.; LORENCENA, M. C.; TEIXEIRA, M. Controle de Operações em Secadores de Grãos com Redução do Consumo de Recursos Naturais, (2017). Anais do congresso: Computer on the Beach, maio de 2017, p. 170 -179.

SILVA. L. C. Secagem de Grãos, (2005). Artigo Publicado na Revista: Grãos Brasil: Da Semente ao Consumo, Ano III, no XIV, maio de 2004, p. 10 -14.

WEBER, E. A. Armazenagem agrícola, (1998). 2. ed., Porto Alegre: Kepler Weber, 400p.

WEBER. E. A. Excelência em beneficiamento e armazenagem de grãos, (2005). Canoas: Salles.

WEINTEK, EasyBuilder Pro User Manual. V. 4.10.01. 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.13037/ras.vol14n1.195

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Informática Aplicada - USCS/UFABC