Design de um Artefato Social para avaliação formadora

Ana Luiza Rolim, Alex Sandro Gomes, Ricardo Amorim, Dilma Luciano

Resumo


Este trabalho descreve a análise de requisitos e concepção de artefato social para regulação de dificuldades de aprendizagem de conteúdos abordados no ensino médio presencial com tecnologia.
Apresenta-se o fenômeno da autorregulação com a estratégia de corregulação em um trabalho entre pares, com a identidade preservada, e escolhidos aleatoriamente, dentre os estudantes envolvidos na aula em questão. A concepção e o desenvolvimento serão descritos com protótipos iterativos, a partir de cenários descritos à luz da Teoria da Atividade. Foram construídos vários protótipos de baixa fidelidade, até chegar ao protótipo que foi efetivamente implementado para a
pesquisa de doutorado em andamento.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/ras.vol10n1.118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Informática Aplicada - USCS/UFABC