Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista de Informática Aplicada (RIA) é uma revista que busca reunir e publicar trabalhos de excelência frutos de pesquisas realizadas por profissionais e pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento que utilizam a Informática como ferramenta para alcançar o objetivo de suas pesquisas.

Os principais objetivos da RIA são:

- Disseminar a produção científica de grupos nacionais e internacionais das diversas áreas do conhecimento que empregar Informática em seus trabalhos;

- Fomentar um canal de reflexão sobre o emprego de métodos computacionais aplicados às diversas áreas do conhecimento;

- Estimular a produção de conhecimento nos diversos níveis de ensino;

- Estimular a produção de conhecimento também nos meios industriais e profissionalizantes;

- Divulgar produtos e métodos de Informática aplicada às diversas áreas do conhecimento.

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os trabalhos submetidos à RIA são avaliados por pelo menos dois membros do Corpo Editorial que é formado por professores Doutores com competência e experiência em Informática e suas aplicações em diversos campos.

Os pareceres dos revisores definem se o artigo é adequado para publicação na revista considerando os seguintes critérios:

  • Originalidade;
  • Qualidade;
  • Relevância;
  • Apresentação.

Além dos pareceres, os revisores podem fazer recomendações para os autores, que devem considera-las para a versão revisada ou para uma nova submissão.

A versão revisada dos trabalhos para publicação será verificada pela comissão editorial e pode ser retornada aos autores para ajustes.

 

Periodicidade

A Revista de Informática Aplicada (RIA) é publicada em duas edições anuais.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.